31/07/15

RN tem mais de 670 mil veículos com licenciamento em atraso

O Detran divulgou nesta quinta-feira (30) o relatório com informações referentes ao número de veículos que se encontram com a taxa de licenciamento regularizada e os que estão em atraso. Em todo o RN, os dados apontam que 62,89% dos automóveis que circulam nas rodovias estaduais e vias municipais apresentam atraso na taxa de licenciamento. Em números absolutos são 676.066 veículos irregulares. Já os que estão em situação oposta, o percentual é de 37,11%, ou seja, 398.941 automóveis.

Em números totais, o relatório mostra que os cinco municípios com maior incidência de atraso na taxa de licenciamento são: Natal (228.324); Mossoró (80.538); Parnamirim (54.252); Caicó (19.045); e Assú (12.686). O balancete mostra os dados com referência aos 167 cidades do RN e confirma que em todos há veículos trafegando com pendências na documentação obrigatória. No total, o Estado conta com mais de 1,07 milhão de automóveis registrados.

A Coordenadoria de Educação e Fiscalização do Detran alerta aos condutores que a condução de veículo com licenciamento em atraso é registrada como infração gravíssima com multa de R$ 191,54, sete pontos na CNH, além de apreensão e remoção do veículo. A taxa de licenciamento, este ano, não sofreu qualquer reajuste e continua R$ 60, independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte automotor.

Fonte: Jornal de Fato.

Ponte Metálica na comunidade de Queimadas será inaugurada próximo domingo

Ponte Metálica na comunidade de Queimadas

Disputas econômicas, entraves burocráticos, ingerências políticas e escassez de dinheiro estatal são motivos cada vez mais comuns para justificar o atraso de qualquer obra pública atualmente no país.

É até “engraçado” imaginar que o município levou 180 anos de Emancipação Política para inaugurar sua primeira Ponte Metálica no Vale do Apodi.

Na contramão disso, vejamos atento o convite abaixo:

O prefeito de Apodi, Flaviano Moreira Monteiro e o vice-prefeito José Maria da Silva, têm a satisfação de convidá-lo(a), para prestigiar a inauguração de mais uma obra. A 1ª Ponte Metálica do Vale do Apodi na comunidade de Queimadas.

Obra construída em parceria entre Comunidade e Prefeitura. O evento será próximo domingo, dia 02 de agosto, a partir das 15 horas no local.

O prefeito e sua equipe contam com sua valiosa presença.

Detentos do CDP Apodi realizam trabalho em escolas e unidades de saúde

Toda semana cerca de 10 internos realizam trabalho de limpeza de toda área externa de escolas e unidades de saúde
Detentos realizando serviços de limpeza numa escola em Apodi (Foto: Cedida)

O Centro de Detenção Provisória (CDP) é conhecido pelos trabalhos de ressocialização. Os detentos fazem trabalhos comunitários em escolas, unidades de saúde, dentre outras instituições do município de Apodi, à 342 quilômetros da capital potiguar.

Toda semana cerca de 10 internos realizam trabalho de limpeza de toda área externa de escolas e unidades de saúde, com a execução de serviços de capinamento, roçagem e até mesmo pintura.

O trabalho conta com o apoio do Judiciário através da juíza da Comarca de Apodi, Kátia Guedes Dias e do promotor, Silvio Ricardo Brito, todas as ferramentas utilizadas para o trabalho foram adquiridas através de uma parceria da direção do CDP Apodi com o Judiciário, os recursos são oriundo de penas Pecuniárias.

“O investimento é mínimo, mas os resultados são surpreendentes para a comunidade e para o próprio interno que sente prestigiado e comparado a um verdadeiro cidadão”, comentou Márcio Morais, diretor do CDP Apodi.

Neste mês, eles realizaram serviços de reforma na Escola Municipal Professora Lindaura Silva, unidade de ensino que conta com quase 800 alunos.

Além do trabalho de limpeza que vem sendo realizados em instituições da cidade, os apenados também estão construindo no CDP Apodi, uma cozinha, cartório, alojamento e uma cela especial para presos acusados de cometerem crimes sexuais. Os recursos na ordem de R$ 10 mil reais foram garantidos pela juíza Kátia Guedes.

O Centro de Detenção Provisória de Apodi foi construindo através de parcerias envolvendo a direção da unidade, Poder Judiciário, Ministério Público, Petrobrás, Fabricas de Cimento, Cerâmicas e várias outras instituições. A unidade está com 70 internos cumprindo pena em regime fechado e 12 no semiaberto. A cada três dias de trabalho, o preso ganha um dia de remissão em sua pena.

Ex-prefeito Rogério Fonseca de Umarizal está preso no CDP de Apodi

Fonseca: CDP agora (Foto: Web)

O ex-prefeito de Umarizal Rogério Fonseca (PSB) está preso em Apodi. Ele, que é empresário, foi alojado no Centro de Detenção Provisória (CDP) do município.

Rogério é considerado mentor de operação que teria desviado recursos da Prefeitura de Umarizal, através de empréstimos consignados fraudulentos 

Os demais presos foram estes: Marinaldo Amâncio da Silva Júnior, correspondente do Banco Gerador S.A., o servidor do município Francisco Edvan de Oliveira, que atestava os consignados, Bruno Ewerton Bezerra Leal e Abmael Thiago Bezerra de Melo que captavam interessados nos empréstimos e financiamentos.

Vários crimes
Em razão dos elementos colhidos durante a investigação, restou demonstrada a materialidade e fortes indícios de autoria dos crimes de associação criminosa (art. 288, do Código Penal), estelionato (art. 171, do Código Penal), falsificação de documento público e particular (art. 297 e 298, ambos do Código Penal), falsidade ideológica (art. 299, do Código Penal), peculato (art. 312, do Código Penal), art, 1º, I, inciso I do Decreto Lei 201/67, entre outros.

Apodi já pagou mais de 1 milhão em precatórios no ano de 2015

A prefeitura de Apodi já pagou de Janeiro a Julho deste ano R$ 1.095.564,85 de precatórios. Débitos trabalhistas de gestões anteriores que não cumpriram com as leis trabalhistas, com isso gerou débitos milionários com os servidores do município.

No final de 2013, o prefeito Flaviano Monteiro parcelou mais de R$ 5.555.000,00 em dívidas trabalhistas com o Tribunal Superior do Trabalho (TST). Só no ano de 2014 o município pagou R$ 1.500.000,00 de precatórios, uma média de R$ 125.000,00 mês. Em 2015 nos sete primeiros meses a prefeitura já pagou R$ 1.095.564,85 uma média mensal de R$ 156.509,26. O aumento se dar devido a novos precatórios julgados pelas varas trabalhistas.

Flaviano Monteiro encontrou a prefeitura com débitos não só de precatórios, mas também com INSS e várias obras paralisadas no município com a maioria com medição paga e não executada, como a segunda passagem molhada do Vale do Apodi, onde a CGU detectou um pagamento de R$ 130.000,00 a construtora, mas o serviço não foi executado.

Apesar das dificuldades o prefeito de Apodi tem conseguido equilibrar as finanças do município. A folha de pessoal tem sido paga antes do final do mês, a manutenção da máquina pública está em dia, e ainda tem sobrado recursos para as contrapartidas das obras. A prefeitura já fez asfalto com recursos próprios, inaugurou duas UBSs com investimento de recursos próprios na construção de aproximadamente R$ 300.000,00, um Ginásio de Esportes, recuperou a praça da Bíblia, está com várias obras em fase final como a ponte da comunidade de Queimadas, a UBS e o Ginásio do Distrito de Melancias, Quadra do bairro Bico Torto, Ginásio do Distrito de Soledade, entre outras obras.

"Não tem sido fácil, estamos pagando uma conta que não foi nós que fizemos, mas o débito é de Apodi. Esses recursos daria para realizarmos muitos dos sonhos dos filhos de Apodi, mesmo assim temos avançado com foco, planejamento e zelo na aplicação do dinheiro público", destacou o prefeito Flaviano Monteiro.

Fonte: Ascom/PMA

IFRN - Campus Apodi vai lançar projeto de prevenção a proliferação do mosquito da Dengue

Secretário de Saúde, Pedro Júnior recebeu os idealizadores do projeto
na sala dos Agentes de Combate a Endemias

O Combate à Dengue é uma responsabilidade dos órgãos públicos e de toda população. O mosquito da dengue (aedes aegypti) se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias (água parada limpa ou pouco poluída).

A conscientização da população e a tomada de medidas são de fundamental importância para a redução e, quem sabe, a erradicação desta doença do Brasil. Pensando nisso, o professor Felipe Maia e seus alunos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Campus Apodi), estão desenvolvendo um projeto com plantas da região, totalmente sustentável para tomar medidas preventivas e impedir a proliferação do mosquito, e consequentemente chegue até as nossas residências.


“A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. O município tem feito um trabalho muito bom de prevenção através do peixamento (‘piabas’), inclusive estamos fora de risco de epidemia, mesmo assim temos que sempre está atento ao combate ao mosquito aedes aegypti”, disse o secretário Pedro Júnior.

O secretário de saúde aproveitou a oportunidade para parabenizar o IFRN pela atitude, isso demonstra o trabalho sério da instituição, que vem a cada dia qualificando cada vez mais os filhos do nosso Apodi. Isso é motivo de alegria! “Estaremos sempre à disposição de vocês, pode contar conosco nesta importante parceria”, acrescentou.

Apodiário.com

28/07/15

O Programa Mais Educação da Escola Estadual Valdemiro Pedro Viana realizou na manha desta terça feira 28 um trabalho de arborização.

Cordeadores do projeto 
O Programa Mais Educação da Escola Estadual Valdemiro Pedro Viana localizada na zona rural de Apodi no Sitio Santa Rosa II realizou na manha desta terça feira 28 um trabalho de arborização. espaços vazios ganharam nova vida, mais cores e formas e transformam-se em ambientes de aprendizado. com o projeto de arborização da Escola Estadual Valdemiro Pedro Viana que é dirigida pelo Ivanildo Paiva e Maguinayde Lopes. 

O projeto tem como objetivo a revitalização com o plantio de mudas, que deixará o ambiente escolar mais arejado, esteticamente planejado e mais disponível a novas experiências Educacionais. 

Em suas palavras o Coordenador do Programa Cleidson de Oliveira disse que o projeto de arborização não terminava com o plantio das mudas “ è um processo em que todos os dias temos que cuidar até que essas mudas se tornem adultas para o benefício da comunidade escolar disse também que por onde passava tinha realizado aquele trabalho e com o apoio da direção da Escola e dos monitores do programa Mais Educação a vez da instituição acima citada tinha chegado”.

A execução do projeto teve a participação dos Alunos da Escola da direção e do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio, que tem como integrantes Joelina, Evanildo Costa e Fernanda Morais.

Por Cassinho Morais



















27/07/15

Flamengo negocia para mandar jogo na Arena das Dunas em setembro

O Flamengo está negociando mandar uma partida pela Série A do Brasileirão na Arena das Dunas, em Natal. O jogo seria contra o Avaí, no dia 2 de setembro, pela 22ª rodada da competição. Como vai enfrentar o Sport no Recife, no domingo anterior, na Arena Pernambuco, a logística para a capital potiguar ficaria facilitada.
Arena das Dunas pode receber jogo do Flamengo em setembro 
(Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com)

O GloboEsporte.com conversou com alguns executivos do departamento de marketing rubro-negro, que confirmam a negociação. O departamento de futebol do time carioca também confirmou a existência de uma consulta ao estádio potiguar.

A Arena das Dunas informou, por meio da assessoria de imprensa, que a negociação com o Flamengo está em curso, assim como outros clubes de Série A. A confirmação deve ser anunciada nos próximos dias.
Caso o jogo seja confirmado, será a segunda vez em que Flamengo atuará na Arena das Dunas. A primeira foi contra o América-RN, no dia 1º de outubro, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A partida registrou o maior número de torcedores no estádio, com 30.575 espectadores, para uma renda de R$ 1.415.825,00. Na ocasião, o Rubro-Negro venceu o Mecão por 1 a 0, gol de Gabriel.

Brasil teve mais de 2,3 mil pessoas mortas por PMs em serviço em 2014

Do Xerife: Levantamento exclusivo feito pelo G1 com base nos dados das secretarias da Segurança Pública mostra que ao menos 2.368 pessoas morreram em 2014 somente em ações de policiais militares em serviço em 22 estados do país. Isso significa seis mortos por dia, em média. 

Cinco estados concentram os maiores números: São Paulo (695 mortes), Rio de Janeiro (582), Bahia (256), Paraná (178) e Pará (159). O Rio Grande do Norte ficou na sétima posição (69). Minas Gerais e Rondônia afirmaram não possuir o número de pessoas mortas nas ações policiais em 2014. Já as PMs do Distrito Federal e de Mato Grosso do Sul não responderam aos questionamentos da reportagem.

Mulher é morta dentro de academia em Mossoró; ex-namorado é suspeito

Mulher foi morta dentro de uma academia no conjunto Nova Vida, nas Malvinas 
(Foto: Blog Passando na Hora/Arquivo Pessoal)

Uma mulher foi morta a tiros na manhã desta segunda-feira (27) dentro de uma academia na cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu por volta das 8h. O ex-namorado dela é o principal suspeito do crime, segundo a polícia.

A vítima foi identificada como Cristiane Bezerra de Moura Câmara, de 38 anos. Colegas de academia relataram à polícia que ela era comerciante e natural da cidade de Carnaubais. Ainda de acordo com a Polícia Militar, a vítima teria terminado um relacionamento com o suspeito recentemente, mas ele não aceitava o fim do namoro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi chamado, mas ao chegar na academia já encontrou a mulher morta. A Polícia Militar isolou a área para aguardar a chegada do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

O fim de semana foi violento na região Oeste. Dez pessoas foram assassinadas entre a noite da sexta-feira (24) e madrugada do domingo (26). Destas, sete foram mortas em Mossoró, duas em Baraúna e uma na cidade de Assu.

Com estiagem prolongada, pragas atacam cajueiros no Oeste potiguar

A castanha de caju é a principal atividade econômica do município de Severiano Melo, no Oeste do Rio Grande do Norte. Porém, a estiagem prolongada tem modificado a paisagem da região. No lugar de árvores verdes, estão cajueiros acinzentados. Pior que isso: o tempo quente e seco favorece o aparecimento de pragas. A infestação da 'mosca branca' traz preocupação aos agricultores. Cerca de 80% dos produtores do município lutam contra o fungo. É o que mostra matéria exibida nesta segunda-feira (22) pela Inter TV Cabugi.

A média histórica para a região é de 700 milímetros de chuva, mas em 2014 as precipitações ficaram abaixo dos 500 milímetros. Este ano, choveu pouco mais de 280 milímetros até agora. A esperança do produtor rural José Gomes de Melo era de que, com o período chuvoso, os insetos diminuíssem. Mas, como as chuvas praticamente não aconteceram, o problema só cresceu. "Com o cajueiro gigante, não há possibilidade de pulverizar", disse.

O pomar de José fica no sítio Morada Nova, com 110 hectares. Há cinco anos a média de produção era de 60 mil quilos de castanha. Mas com os anos seguidos de seca, a produção teve queda. Em 2014, a safra não passou de 2 mil quilos. Este ano, com a infestação da praga, a produção deve cair ainda mais. "Elas chupam a seiva do cajueiro todo, e isso mata o cajueiro", explicou.
No sítio Baixa do Açudinho, também na região rural de Severiano Melo, o cenário não é diferente. Os pés de caju foram atacados pelas moscas brancas. É uma preocupação para Jacinto, que investe na cajucultura há mais de dez anos. "A falta de chuva é o principal ponto para que ela ataque. Quando você chega de manhã, você já vê ela voando. Por sinal, ela chega até na casa da gente", disse Jacinto Carvalho.

A forma adulta do inseto é semelhante a de uma pequena borboleta de cor branca. As mais jovens ficam presas às folhas. As moscas sugam a seiva do cajueiro, favorecendo o surgimento da fumagina, outro tipo de fungo. Sem o controle adequado, a ação dos dois fungos pode matar a planta. 
A mosca branca aparece no período da floração. Como o Rio Grande do Norte já está no quarto ano de estiagem, a incidência do inseto é ainda maior. Quanto maior a incidência da praga, menor a produtividade. A redução pode chegar a 60%.

Rodrigo Carlos é agrônomo e orienta os produtores de Severiano Melo a fazerem o controle das pragas. Os cajueiros da propriedade de Jacinto Carvalho já receberam a primeira aplicação de uma mistura preparada com água, óleo vegetal e detergente. Uma aplicação é o suficiente, mas se o produtor observar que a infestação continua, pode reaplicar o produto quinze dias depois. O ideal é pulverizar nas horas menos quentes para não queimar as folhas.

APODI: A questão continua – Será que nada está acontecendo?

Um dos vereadores da base oposicionista, usou rádio local, em programa ao meio dia, na última quinta e falou que o município está ao Deus dará, abandonado. E estamos vivenciando a pior gestão da história. Nada acontece, “Isso na verdade dele”.

Será que realmente nada acontece? Essa questão está sempre na boca da oposição. Como não acredito em tudo que alguém diz a primeira vista, fui fazer uma investigação do que foi feito durante a semana.

Vejam a movimentação da gestão que consegui captar de segunda a sexta dessa semana que passou (19 a 24/07/2015 – De segunda-feira a sexta-feira):

01 – Na escola Zenilda Gama, a gestão levou o seu apoio ao projeto da quadra poliesportiva que a escola começa a construir;
02 – Equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social intensificou em várias escolas a Campanha de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes;
03 – No bairro IPE, a prefeitura de Apodi e a secretaria de assistência social forraram o campo de várzea do bairro, atendendo a reivindicação de desportistas;
04 – Perfuração de Poços nas comunidades rurais como na comunidade de Laje do Meio;
05 – Continuidade da revitalização de Estradas Vicinais na região polo Góis;
06 – Inicio da instalação do ponto de internet na praça da bíblia;
07 – Gestores foram a secretaria de recursos hídricos providenciar poços para a seca região da pedra;
08 – Ainda em Natal os gestores municipais foram agilizar a licença ambiental para a retomada do saneamento básico do Apodi;
09 – Iluminação de localidades na zona rural;
10 - Continuação da ponte das queimadas;
11 – Recebimento do projeto transchapadão da empresa ENGEART;
12 – Continuidade das obras da UBS de Melancias.

Não, não confere. A informação dada pelo vereador aos ouvintes da rádio foi falsa. Demagogia? Hipócrita? Cegueira? Partidarismo? Radicalismo? Má intensão? O que levaria um vereador a tentar tapear a população ao dizer que nada está acontecendo?

Foi uma semana bastante movimentada pelo que pude captar, para quem nada faz. As pessoas deveriam ser mais verdadeiras. Quando não se é radical e se mostra ponderação, ganha-se credibilidade.

Fonte: Prof. Toinho Filho

Rodovia Transchapadão cada vez mais próxima de sair do papel

A ENGEART empresa que ganhou a licitação para fazer os 16 km da Rodovia Transchapadão já entregou o projeto nas mãos do prefeito Flaviano.

A prefeitura de Apodi está investindo R$ 50.000,00 na elaboração desse projeto que ligará o Médio Oeste do nosso Estado ao Vale do Jaguaribe no Estado do Ceará através da Chapada do Apodi.

“Um sonho antigo dos moradores da Chapada do Apodi, o próximo passo é entregar o projeto ao DER/RN e ao RN Sustentável”, disse o prefeito Flaviano. “Vamos a luta!”, acrescentou.

24/07/15

Ponto de wi-fi grátis começa a ser instalado na Praça da Bíblia

Instalação do ponto de internet sem fio (wi-fi) na Praça da Bíblia

A Prefeitura de Apodi já iniciou a instalação, juntamente com a Empresa Hipernet do ponto de internet sem fio (wi-fi) gratuito que está sendo instalado na Praça da Bíblia, bairro de Lagoa Seca em Apodi – RN.

A prefeitura está oferecendo a estrutura para a instalação dos equipamentos, mas toda a tecnologia e aparelhagem para que a internet seja disponibilizada são de responsabilidade da empresa que presta serviço ao poder Executivo.

A instalação do wi-fi gratuito foi um pedido dos moradores durante a entrega da reforma da Praça da Bíblia. Segundo o prefeito Flaviano, a instalação do wi-fi é de "promover o vínculo social e a inclusão digital e democratizar o acesso à informação".

Apodiário

Primeira Igreja evangélica Congregacional de Apodi-Rn, completa 16 anos

Foi com muita alegria e gratidão a Deus que a IEC de Apodi celebrou ao Senhor por ocasião do seu 16º aniversário nos dias 17, 18 e 19 de Julho, foram dias maravilhosos na presença do Senhor, o tema das festividades foi Igreja Relevante, na oportunidade a igreja contou com a presença do Pastor Aurivan Marinho e o Pastor Eber Lucena que foram os palestrantes da Sexta e do Sábado.
 
 Este ano a Igreja utilizou o belíssimo espaço da Praça da Bíblia e realizou os dois cultos no anfiteatro da mesma, já no Domingo o Culto foi realizado no Templo da Igreja e teve como palestrante o Pastor da Igreja Cícero Manuel, que ministrou sobre as fazes de uma Igreja Relevante.

Outro momento marcante das festividades foi que a Igreja também recebeu novos oficias, pois foram consagrados e empossados os irmãos, Dias Junior e Sidcley Romualdo a Diáconos e o irmão Pedro Alves como Presbítero, este que já servia como diácono a quase dez anos.
No momento em que chega aos Dezesseis anos á Igreja se empenha na edificação Espiritual e na proclamação do evangelho, outro alvo em que a igreja segue determinada é na construção do seu novo templo, onde terá assim condições de atender não só na área Espiritual, bem como nas demandas sócias, pois sua nova sede terá capacidade para 500 pessoas sentadas e ainda conta com instalações para salas refeitório, cozinha e outras.

Agradecemos ao Senhor nosso Deus que tem nos conduzido em triunfo, podemos dizer com alegria Ebenezer ate aqui nos ajudou o SENHOR. 

Veja algumas fotos do nosso Aniversário.

23/07/15

Quem mantem a tradição do "beijú" de farinha de mandioca é um descendente Tapuia Paiacu

Apodi foi novamente tema de reportagem na Inter TV Cabugi e sua afiliada Inter TV Costa Branca. 

Desta vez, o tema foi a tradição de confecção do famoso "beijú" de mandioca. 

Para quem viu a reportagem e ainda não sabe, e também para aqueles que duvidam da existência de descendentes tapuias em Apodi, sêo João de Deus, que aparece na telinha da Inter TV Cabugi, é também descendente tapuia paiacu e frequentador do Centro Histórico - Cultural Tapuias Paiacus de Apodi.

Na verdade, a tradição que a família de Sêo João de Deus passa de geração a geração, é também oriunda dos nossos primeiros habitantes, porque sabemos que um dos alimentos dos povos indígenas, isto é, a mandioca tem origem exatamente na alimentação dos índios do Nordeste brasileiro.
Para mim, esta é somente mais uma prova da resistência e permanência da cultura tapuia em nossa terrinha.

Por Mônica Freitas

Secretaria Pedro Júnior afirma que pretenço embargo das Obras da UBS de Melancias não tem sustentação

Em nota, o secretaria de saúde do Apodi Pedro júnior explicou que, mais uma vez, informações dada por blog apodiense não se sustenta como já ocorreu em outros casos.

O secretário de saúde informou que a possibilidade de embargo das obras da UBS de Melancias não procede. Segundo o secretário, a UBS será inaugurada pela prefeitura respeitando o que foi convencionado por lei na câmara de vereadores.

“A lei 516 de 2007, é uma lei da casa legislativa e que só por ela pode ser alterada, não impedindo, portanto a continuidade da obra que vem sendo esperada com muito anseio pela população do muito anseio pela população”, explica Pedro júnior.

“Havendo ou não alteração no nome da UBS De Melancias, ou com a permanência da supracitada lei as obras continuarão transcorrendo sem nenhum problema e será entregue ao povo de Melancias no tempo estipulada”, informa.

Entenda o caso
Um edil local, para homenagear correligionário, elaborou a lei supra citada nos idos de 2007. Só que oito anos após que a lei foi criada, só agora a UBS saiu do papel e, populares de Melancias, estão fazendo uma abaixo assinado para mudar a lei, consequentemente o nome da UBS.

Aqueles que estão a afrente desse processo entende que, a pessoa homenageada pela lei criada em 2007, apesar de sua imensurável importância histórica para o distrito, não tem ligação com a área da saúde.

Os populares que puxam o abaixo assinado entendem ainda que a lei está sem sentido decorrido todo esse tempo e querem que o nome da UBS seja relacionado a alguém do distrito que teve préstimos na área da saúde. O homenageado que a lei quer contemplar era poeta. Não temos informações qual seria o nome preferido por aqueles que estão fazendo esse movimento.

Prefeitura do Apodi e secretaria de esporte e lazer dão apoio a mais uma competição esportiva no município

Clique para ampliar

Não me lembro de ver uma secretaria de esporte e lazer no município do Apodi dar apoio a tantas competições e eventos a cada mês.

A prefeitura do Apodi e a secretaria de esporte, no mês passado, deram apoio a taça Edir Macedo. Agora, no mês de Julho, será a vez da “V taça de futebol de sete Manuel Raimundo de Lima (Duca Caetano) – Bernaldos Apodi2015/RN”.

Mais uma competição que recebe o apoio da Gestão 'Apodi Terra Querida' (slogan da gestão), através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer. “O Prefeito, Flaviano Monteiro juntamente com o secretário Veríssimo Gama não tem medido esforços para incentivar e desenvolver e a prática de modalidades esportivas no nosso município”, informou Rickson da secretaria de esporte.

“Podemos reverter essa situação se nos unirmos”, diz presidente da AENTS sobre dívida ‘surpresa’ com a Receita Federal

A diretoria da Associação dos Estudantes Técnicos e Superior de Apodi (AENTS) foi surpreendida nesta quarta-feira (22) por uma dívida de mais de R$ 24 mil, existente junto à Receita Federal.

O débito foi acumulado desde a fundação da entidade e é oriunda de multas mensais por não declaração de informações importantes ao órgão federal.

Segundo o presidente da AENTS, Givaldo Lopes, a dívida poderá inviabilizar o convênio com a Prefeitura Municipal, que garantiria o repasse de R$ 27 mil para o pagamento dos ônibus universitários.

“É uma questão delicada. Não sabíamos da existência dessas multas acumuladas. Se não quitarmos, não será possível a realização do convênio”, informa o presidente da entidade.

Givaldo alerta que, a dívida de mais de R$ 24 mil, poderá ser abatida em cerca de 50%, caso o pagamento seja à vista e dentro de 30 dias.

“Podemos reverter essa situação se nos unirmos. Estamos analisando todas as possibilidades. A única até agora é o pagamento à vista pelos associados. Para isso, cada estudante teria que contribuir com, aproximadamente, R$ 36. Mas estamos aceitando outras sugestões”, conclui Givaldo.

A parceria entre estudantes e prefeitura é considerada de grande importância pela AENTS, uma vez que, sem ela, o transporte para as cidades de Mossoró e Caraúbas se tornaria inviável devido ao alto valor custeado pelos próprios estudantes.

Apodiário